Beyoncé, Jay Z and Blue Ivy at the 2014 MTV Video Music Awards
Posted 28 August 2014, 4 days ago | 1,538 notes | reblog this post
(originally thebeyhive / via life-of-beyonce)
“Eu costumava desabafar com algumas pessoas quando ficava triste. Mas hoje, eu prefiro pegar um fone, colocar uma boa música e escutar, ou melhor, deixar elas me escutando.”
~ Marcos Filipe.  (via n-o-v-o-h-e-r-o-i)
Posted 28 August 2014, 4 days ago | 73,408 notes | reblog this post
(originally 10reais / via n-o-v-o-h-e-r-o-i)
“Um cachorro não se importa se você é rico ou pobre, apenas de seu coração a ele, e ele lhe dará o dele.”
~ Marley e Eu.   (via n-o-v-o-h-e-r-o-i)
Posted 28 August 2014, 4 days ago | 53,356 notes | reblog this post
(originally antigapoetisa / via n-o-v-o-h-e-r-o-i)
“Quero você ao meu lado. Quero lhe fazer cafuné a noite, quero ouvir você sussurrar que me ama antes de dormir, quero ter suas mãos nas minhas no cinema, na cama e na rua, quero saber que sempre vou encontrar você em casa me esperando e quero acordar todos os dias com a pessoa mais perfeita para mim: você.”
~ Desejos de Arthur.   (via capacitadora)
Posted 28 August 2014, 4 days ago | 5,131 notes | reblog this post
(originally retaliador / via capacitadora)
Posted 28 August 2014, 4 days ago | 4 notes | reblog this post
(originally p-e-bb-l-e / via ifyoudream-it-youcandoit)
“Os amigos são próprios de fases: da rua, do Ensino Fundamental, do Ensino Médio, da faculdade, do futebol, da poesia, do emprego, da dança, dos cursos de inglês, da capoeira, da academia, do blog. Significativos em cada etapa de formação. Não estão em nossa frente diariamente, mas estão em nossa personalidade, determinando, de modo imperceptível, as nossas atitudes. Quantas juras foram feitas em bares a amigos, bêbados e trôpegos? Amigo é o que fica depois da ressaca. É glicose no sangue. A serenidade.”
~ Fabrício Carpinejar.    (via autorias)
Posted 28 August 2014, 4 days ago | 14,096 notes | reblog this post
(originally eles-dizem / via autorias)
“Vou-me embora por uns tempos, preciso tirar férias dessa minha maneira intensa de sentir as coisas, dessa mania de querer carregar o mundo nas costas e sentir culpa pelo que não posso dar conta. Vou olhar tudo de sobrevoo, como quem, desmemoriado, está ausente até dos próprios pensamentos.”
~ Fred Medeiros. (via autorias)
Posted 28 August 2014, 4 days ago | 8,479 notes | reblog this post
(originally autorias / via autorias)
“Sigo no aprendizado de ser humano; e no sentido horário, gira, passa dia, passa ano. Serei então Eu, e Eu serei minha verdade e meu segredo. Serei Eu, antes que seja tarde, já que ainda é cedo.”
~ Transtorno Poético.  (via autorias)
Posted 28 August 2014, 4 days ago | 293 notes | reblog this post
(originally transtornopoetico / via autorias)
“Mas ai cara, ela vai te chamar de idiota, imbecil, palhaço, otario, besta, bobo e tudo mais. Ela vai dizer que te odeia, mandar você se fuder, te dar varios tapas, vai brigar com você quando você deixar de dar atenção a ela por 2 minutos, vai te chamar de nomes estranhos te dar apelidos feios, te contar aquela piada que ninguém ri (Lembre-se de rir, é importante). Mas também ela vai pedir sua companhia nos momentos tristes, vai esperar seu abraço quando nem imagina, um beijo na testa, um carinho na cabeça, que você carregue ela nas costas, por mais pesada que ela seja. Vai querer que você seja forte por ela, quando não puder mais, vai te acordar todas madrugadas só pra saber se você estava sonhando com ela. Então, se ela não te diz eu te amo e faz tudo isso, sim, ela te ama!”
~ 400.    (via n-o-v-o-h-e-r-o-i)
Posted 28 August 2014, 4 days ago | 42,380 notes | reblog this post
(originally retratou / via n-o-v-o-h-e-r-o-i)
“Desejo maturidade. Quando se tem maturidade, dá-se melhor o valor que tem cada coisa, sem supervalorizar o que é irrelevante ou subestimar um pequeno aprendizado. Desejo muita paz: um coração sossegado entrega-se com mais confiança. Desejo saúde e disposição. Desejo proteção espiritual. E desejo continuar sendo merecedora dessa boa sorte de falar e poder ser atentamente ouvida, de calar e ser respeitada, de amar e ser correspondida, de atrair pessoas de coração bom e muita sensibilidade, e de poder descobrir a cada dia que a verdadeira erudição está na simplicidade.”
~ Marla de Queiroz.  (via autorias)
Posted 28 August 2014, 4 days ago | 2,750 notes | reblog this post
(originally la-sinceridad / via autorias)
1 2 3 4 5 »
Há quem me interprete pela capa. Há quem me ame apenas por ela. Há quem viaje em mim. Há quem viaje comigo. Há quem não me entende. Há quem nunca tentou. Há quem sempre quis ler-me. Há quem nunca se interessou. Há quem leu e não gostou. Há quem leu e se apaixonou. Há quem apenas busca em mim palavras de consolo. Há quem só perceba teoria e objetividade. Mas, tal como um livro, sempre trago algo de bom em mim.